Segredo nos Relacionamentos


Segredo é a palavra que vem do latim secretu, significando "separado, afastado".

Para nós, o sigilo, aquilo que não pode ser revelado, não pode ser falado, que deve ser ocultado, escondido, ignorado. A revelação de um segredo tanto pode ser benéfica como nociva ou mesmo perigosa, dependendo de seu conteúdo ou daquilo que envolve.

É bastante comum a idéia de que se deve contar absolutamente tudo ao parceiro (a), para que se estabeleça um relacionamento aberto e de confiança. Creio ser necessária a reflexão sobre tal tema, uma vez que você não tem e não terá nunca o controle sobre qual será a interpretação da parceria para o conteúdo revelado.

Neste sentido, é importante avaliar e identificar o que, de fato, ao ser revelado poderá trazer benefício ao indivíduo e ao casal. Por ex.: muitos relacionamentos começam com a proposta de se revelar todo o passado, experiências sexuais, número de parcerias, etc., como condição para se dar certo. Daí eu pergunto: o que trará a este novo casal/relacionamento, o conhecimento detalhado de experiências sexuais passadas? Sim, porque muitas vezes não se quer saber somente "quais" foram as experiências, mas sim "como" foram, com riqueza de detalhes.

Detalhar sua vida/experiência sexual ao seu novo parceiro(a) pode trazer uma série de consequencias, tais como: insegurança, ansiedade, desconfianças, comparações, etc.

E mesmo que este relato seja solicitado com a melhor das intenções, na busca da "verdade" total e absoluta, pense bem. O ser humano faz julgamentos o tempo todo e, nem sempre estes julgamentos estão isentos de crenças negativas, mitos e tabus a respeito do exercício da sexualidade. Além do mais, existem situações que se referem e só dizem respeito ao próprio indivíduo, a sua história de vida, a sua identidade.

Estou dizendo com isso que devemos "esconder"(mentir) situações e experiências de sua parceria? Absolutamente não. Estou dizendo que se deve ter critérios e bom senso para aquilo que for revelar, pois aquilo que é dito, muitas vezes não pode ser corrigido ou mudado. Aquilo que já foi vivido, ou seja, o passado, não pode ser mudado (mudamos sim o nosso sentimento e interpretação da experiência, mas não a situação propriamente dita).

E, dependendo da reação/interpretação da parceria, você corre o risco de perder ou interromper algo que poderia ser prazeroso e satisfatório para ambos. Ou, no mínimo, pode te dar um trabalhão para "consertar". Nosso presente é vivido e construído a cada instante, é o que temos de real, concreto. E é o que devemos valorizar, no intuito de buscarmos a melhor maneira de nos sentirmos felizes e realizados.

Construa seu novo relacionamento com base no que deseja e precisa para se sentir bem e fazer bem ao outro. Invistam neste novo relacionamento, novo ciclo, nesta nova chance. E saboreiem cada momento a dois, cada situação que fará parte da história de vocês. Cuidem um do outro, tenham empenho e motivação para cultivar este sentimento e, que seja eterno enquanto dure!!